Dermatologia Cirúrgica

Correção das Cicatrizes da Acne – Técnicas Modernas

correcao-das-cicatrizesA acne é uma doença que atinge principalmente adolescente, mas que também afeta adultos e mulheres entre 20 e 40 anos. A maioria dos pacientes após o tratamento ou desaparecimento da acne ficam com pequenas ou grandes marcas (cicatrizes) e sequelas como manchas e alterações da superfície da pele, que deixam seus portadores muito chateados e com baixa auto-estima.

Os métodos e a tecnologia na correção destas cicatrizes avançaram muito com o passar do tempo e no momento há vários tratamentos eficazes que podem ser utilizados para a correção destas cicatrizes. A indicação de cada um deles depende de cada caso. No passado o tratamento era demorado com resultados pobres. Hoje em um mês é possível atingir grandes porcentagens de melhora através de técnicas associadas de correção das cicatrizes de acne e em quase todos os casos, quando o paciente deseja realizar todas as opções existentes, em maior número de sessões, podem atingir um porcentual de 80-90% de melhora, conforme o tipo e quantidade de cicatrizes.

É importante ressaltar que estes procedimentos devem ser realizados apenas por médicos dermatologistas treinados e nunca por profissionais não especialistas, pois sempre existem riscos de efeitos adversos, mesmo quando realizados adequadamente.

A clínica Pelle tem o orgulho de ser uma das poucas clínicas a oferecer todas tecnologias para correção de cicatrizes de acne, além disto o Dr. Carlos Roberto Antonio tem diversos trabalhos apresentados em congressos e dezenas de aulas ministradas pelo Brasil e mundo sobre o tema.

Classificação das cicatrizes no mundo.

Existem Dois Grandes Grupos De Cicatrizes:

1 – Elevadas
Queloidianas, hipertróficas, papulosas, pontes.

2 – Deprimidas
Dentro das deprimidas existem dois grandes grupos:
– Distensíveis (que melhoram quando se estica a pele);
– Não distensíveis (que não melhoram quando se estica a pele).

As cicatrizes não distensíveis podem ser divididas em:

  • Superficiais
  • Médias
  • Profundas

Existem diversas técnicas para correção, conforme o tipo de cicatriz:

  • Para cicatrizes elevadas como o quelóide e cicatriz hipertrófica: as melhores técnicas são a infiltração com corticóide ou bleomicina (para amaciá-las e abaixá-las), após laser e luz intensa pulsada (para retirar a cor vermelha da pele), laser fracionado (fraxel®, Nd:YAP) e cirurgia nos casos extensos para corrigir as imperfeições e uniformizar a pele.
  • Para as cicatrizes deprimidas distensíveis o melhor tratamento é o preenchimento com ácido hialurônico e laser de CO2 fracionado;
  • Para as cicatrizes deprimidas superficiais o melhor método é o laser erbium glass(Fraxel) ou Nd:YAP1340nm;
  • Para cicatrizes deprimidas médias os melhores tratamentos são os lasers erbium glass(Fraxel) ou Nd:YAP1340nm;
  • Para cicatrizes profundas são necessárias a utilização de dois ou três tipos de lasers fracionados que atuarão não apenas na profundidade, mas também estimulando o colageno e eliminando as antigas cicatrizes. Neste caso são os melhores lasers de CO2 fracionado, erbium glass(Fraxel) e Nd:YAP.
No Posts Found in Category 109
No Posts Found in Category 110
No Posts Found in Category 111
No Posts Found in Category 112
No Posts Found in Category 113

Criolipólise

criolipoliseEliminar as gordurinhas que teimam em se espalhar pela barriga, quadris, pernas e outras regiões do corpo ficou mais fácil. Novas tecnologias que chegam aos modernos centros de dermatologia permitem utilizar tanto o frio quanto o calor para combater a gordura localizada. Entre as novidades que chegaram no Brasil e São José do Rio Preto está a Criolipólise, um tratamento inovador que ajuda a eliminar as células lipídicas por meio do congelamento permitindo uma significativa redução das medidas.

O dermatologista Dr. Carlos Roberto Antonio, professor responsável pela Cirurgia Dermatológica e Laser da Famerp e titular da Clínica Pelle, foi um dos poucos dermatologistas brasileiros convidados a testar a tecnologia no país. O sucesso do método convenceu ele a adquirir o aparelho para a Clinica Pelle. “Durante muitos anos os cientistas acreditaram que o método mais eficaz para o tratamento de gordura localizada tinha que se basear em procedimentos associados com calor. Vemos agora que este conceito mudou e esta nova técnica está oferecendo opções interessantes e de bons resultados para esse tipo de tratamento’, revela Dr. Carlos Roberto Antonio. A Criolipólise acaba com as gordurinhas localizadas que incomodam boa parte das mulheres, por meio do congelamento das células lipídicas. Diferente da conhecida lipoaspiração, a técnica não é agressiva e nem utiliza agulhas ou cânulas. Dr. Carlos Roberto avisa, no entanto, avisa que o tratamento só deve ser aplicado para casos de gordura localizada, ou seja, não funciona para aquelas pessoas que estão com sobrepeso exagerado.

O tratamento é feito através do resfriamento intenso provocado por uma ventosa que realiza um vácuo na pele, puxando a área com a gordura localizada para dentro desta ventosa e com posterior congelamento da gordura. A pele não é congelada pois existe uma película protetora que a protege . O frio é tão intenso que atinge e destrói a célula de gordura, sem no entanto machucar a pele. A consequência é que o organismo reage ao resfriamento com uma inflamação que leva à eliminação da célula de gordura proporcionando, como efeito natural, a redução das medidas na área do corpo tratada.

Dr. Carlos Roberto conta que a nova tecnologia foi desenvolvida por um dos mais experientes e respeitados pesquiadores do mundo. O Dr. Rox Anderson, professor de dermatologia e diretor do Wellman Center, nos Estados Unidos, observou muitos casos de bebês que sobreviveram à exposição ao frio rigoroso do inverno americano tendo como sequela apenas a perda da gordura local. Foi o início de um trabalho que resultaria na nova técnica que hoje está disponível na Clínica Pelle.

As vantagens deste tratamento são as seguintes:
– não necessita anestesia;
– não tem internação;
– não atrapalha suas atividades diárias, ou seja, o paciente pode voltar ao trabalho imediatamente.

Os resultados podem começar a serem vistos apartir do 21 dias e seu efeito máximo ocorre com 90 dias. Para pacientes acima do peso mais de uma sessão é necessária. Para pacientes dentro do peso uma sessão pode ser suficiente. O único efeito colateral que pode ocorrer, já relatado é hematoma e dor.

No Posts Found in Category 114
No Posts Found in Category 115